terça-feira, 17 de agosto de 2010

Teste: O Efeito Sombra

Encontre o poder escondido na sua verdade! Encontre a sua Sombra e transforme-a no caminho para os seus sonhos.

Imagine que existe uma parte em cada ser humano esperando ser descoberta e que tem o poder de nos ensinar, treinar e guiar para que alcancemos força, criatividade, brilho e felicidade. Imagine que tudo o que você deseja está ao seu alcance, esperando ser reconhecido, ouvido e abraçado. Porém esta parte não é paciente e, quando ignorada, ela pode sabotar nossas vidas, destruir nossas relações, eliminar nosso espírito e nos manter longe de nossos sonhos. Então, o que é esta parte misteriosa de nós mesmos, escondida nas profundezas de nossas consciências? Esta é a Sombra humana. Descubra a sua. Você está preparado?

O Efeito Sombra (Lua de Papel).



1.
Há quanto tempo você vem trabalhando os mesmos assuntos, seja na carreira, na saúde, nos relacionamentos pessoais ou nas finanças?


Menos de doze meses

Um a três anos

Mais de cinco anos

Mais de dez anos


2. Nos últimos doze meses, quantas vezes você guardou algo importante no lugar errado, percebeu uma multa de trânsito, teve um acidente ou destruiu algo de valor?

Nenhuma

Uma ou duas

Mais de cinco vezes

Mais de dez vezes


3. Com que frequência você se sente falso, inautêntico, ou acha que precisa de muito esforço para fazer com que as pessoas o vejam de determinada maneira?

O tempo todo

Ocasionalmente

Quase nunca

Nunca


4. Se seus amigos, colegas de trabalho e familiares fossem entrevistados,
eles diriam que você reclama...


Raramente, ou nunca

Talvez uma vez por dia

Frequentemente

O tempo todo


5. Nos últimos doze meses, quantas vezes você disse ou fez algo de que
se arrependeu depois, seja imediatamente ou com o passar do tempo?


Nenhuma

Uma ou duas vezes

Mais de cinco vezes

Mais de dez vezes


6. Depois de uma realização pessoal – alcançar o peso desejado, pagar
as contas de seu cartão de crédito, organizar casa ou escritório, etc. –
para quais das emoções abaixo você é mais inclinado a sentir?



Aliviado por ter conseguido, mas cauteloso para não voltar aos antigos comportamentos

Orgulhoso, no direito de receber um prêmio por todo seu trabalho duro

Inspirado por seu sucesso e comprometido a continuar o bom trabalho

Ressentido por precisar trabalhar tanto


7. Com que frequência você percebe que está se sentindo inadequado,
indigno, insuficientemente bom ou não amado?


O tempo todo

Ocasionalmente

Quase nunca

Nunca


8. Numa escala de 1 a 10, que disposição você tem de falar a verdade,
mesmo quando ela vai de encontro à opinião dos outros?


8 a 10 – Sou muito disposto a falar a verdade

5 a 7 – Na maioria do tempo estou disposto a falar a verdade

3 a 5 – Ocasionalmente estou disposto a falar a verdade

1 a 2 – Quase nunca estou disposto a falar a verdade


9. Qual é o foco primário de sua vida nesse momento?

Avançar na carreira, melhorar a saúde, construir riqueza ou aprofundar relacionamentos

Administrar relacionamentos desgastados ou “apagar incêndios” no trabalho ou em casa

Fazer um progresso mensurável na direção de seus objetivos, ao longo de um período razoável de tempo

Tentar desviar ou evitar o desastre imediato nas finanças, nos relacionamentos ou na carreira


10. Com que porcentagem de seu tempo você pode dizer que honra sua
palavra e suas promessas – seja a si mesmo ou aos outros?


Menos de 10%

Menos de 25%

Aproximadamente metade do tempo

A maior parte do tempo


11. Quanto tempo você gasta diariamente com fofoca – seja sobre
alguém que você conhece, lendo tabloides ou assistindo a programas de
fofoca na televisão?


Tempo algum

Menos de uma hora por hora

Mais de uma hora por dia

Mais de três horas por dia


12. Qual das afirmações abaixo você usaria para descrever sua vida?

Na maior parte do tempo, as coisas funcionam para mim com certa facilidade

Eu tenho muitos talentos e dons, mas não os utilizo em seu total potencial

Sou perseguido pelo azar e me vejo numa situação ruim após a outra

Preciso trabalhar duro só para manter a média


13. Quantas horas por dia você passa trabalhando para atingir seus objetivos de longo prazo?

Nenhuma

Menos de vinte minutos por dia

Uma hora ou mais por dia

Você não tem objetivos de longo prazo


14. Com que frequência você se sente maltratado, incompreendido, ou
como se alguém tirasse proveito de você – tanto na vida pessoal quanto
na profissional?


Todo dia

Frequentemente

Ocasionalmente

Raramente ou nunca


15. Quando lhe pedem que faça algo que você não tem interesse em
fazer, você fica mais inclinado a:


Dizer não, de consciência tranquila

Dizer não, mas se sentir culpado por isso

Dizer sim, mas não cumprir

Dizer sim, mas se ressentir por isso


16. Imagine que sua vida é uma casa com muitos cômodos – de alguns,
você gosta, de outros, tem vergonha. Quantas pessoas você permite ver
todos os seus cômodos?


Ninguém

Uma pessoa significativa – cônjuge, amante, melhor amigo ou irmão, etc.

Um pequeno punhado de pessoas me conhece tão bem assim

Há muita gente em minha vida que me conhece tão bem assim


17. Quando você se sente magoado por alguém ou algo, o que tende a fazer?

Guarda para você

Reflete, perdoa e segue em frente

Confronta a situação

Fala a respeito com todos, menos com a pessoa envolvida


18. Quando você tem um impulso ou uma ideia de como melhorar algum
aspecto de sua vida, o que faz?


Ignora completamente

Dá alguns passos na direção certa, mas raramente vê o projeto chegar até a linha final

Diz a si mesmo que “um dia desses eu faço”

Cria uma estrutura de apoio ao redor de si mesmo, para garantir que você entre em ação


19. Na última vez que você se viu, inesperadamente, com um período de
tempo livre, o que fez?


Desperdiçou, fazendo compras em catálogos, vendo televisão ou navegando na internet

Usou a oportunidade para seguir adiante em um projeto importante

Relaxou e se rejuvenesceu tirando um cochilo, meditando ou lendo

Sua vida é tão caótica que você nem consegue se lembrar de quando teve um tempo livre inesperado



20. Quando você comete um erro, o que é mais provável que faça?

É gentil consigo mesmo e resolve fazer as coisas de forma diferente no futuro

Coloca as coisas em perspectiva, reconhecendo a si mesmo pelo que fez certo

Cai na autocrítica

Interpreta seu erro como uma evidência de que você é incompetente e para de tentar



Pontuação





Resultado

Se marcou entre 3 e 37 pontos

Você está na zona neutra, o que significa que está livre (por ora) de muitas crenças e ferimentos internos que dão origem aos comportamentos destrutivos causados por sua sombra. Você possui uma elevada autoestima, suas ações estão proximamente alinhadas aos seus valores e você provavelmente está realizando um progresso em direção aos objetivos de longo prazo. Continue amando e ouvindo a si mesmo.

Se marcou entre 38 e 75 pontos

Talvez você não esteja vivenciando totalmente o peso e o impacto da sombra nesse momento, mas, provavelmente, está empregando muito esforço para reprimir e esconder partes que desgosta em si mesmo e de sua vida. A energia que está usando para impedir que as coisas fujam ao controle - seja no trabalho, em casa, ou em relação à saúde e bem-estar - estaria mais bem empregada se fosse direcionada na obtenção de seus objetivos e desejos.

Se marcou entre 76 e 112 pontos

Ou você gasta muito tempo e energia tentando administrar a opinião alheia a seu respeito, ou está profundamente resignado quanto às condições de sua vida. Isso é a sombra trabalhando, e ela o paralisa na tomada de ações corretivas. Se dor deixada à revelia, o caos interno que está vivenciando pode levá-lo ao caminho do desastre. No entanto, a boa notícia é que acada ato de sabotagem própria apresenta uma oportunidade de despertá-lo ao que é verdadeiramente importante. Abra seu coração, examine a sombra e você começará a ver como a sua dor mais profunda, quando digerida e compreendida, é moldada para levá-lo ao seu destino maior.

O trabalho com a sombra é o trabalho do guerreiro do coração. Se estiver pronto para mais amor, mais paz, mais satisfação e mais sucesso, visite-no em TheShadowEffect.com






Fonte: http://veja.abril.com.br/testes/o-efeito-sombra.shtml



Um comentário:

  1. Gostei do teste , porem muitas perguntas , para pouca análise de resultado!
    Poderia ser mais extensivo , explicativo, e dando dicas para uma forma de se melhorar , para alcançar seus objetivos!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails