domingo, 26 de setembro de 2010

Anjo da Guarda - Monica Buonfiglio

Seu anjo de guarda pessoal está junto de você desde seu nascimento, e ali permanecerá até a hora de seu desencarne. É ele quem irá orientar você em seu próximo estágio de aprendizado do Eu superior, para um possível retorno à Terra.

Os anjos são seres inteligentes, lembra-se? Então, para entrar em contato com seu anjo da guarda, você não pode se fragilizar perante ninguém, e deve pensar. Mas pensar em coisas boas, é claro. Quando pensa, você está com Deus, e faz uma ligação com o elo mental de seu anjo. O que acontece então? Segundo os textos angelicais, os anjos não têm memória. Existe um lugar chamado memória káustica, que armazena todos os pensamentos da humanidade. Seu pensamento demora dois dias para chegar até essa dimensão. Quando, finalmente, o anjo recebe seu apelo, ele começa a trabalhar para a obtenção daquilo que você pediu, fazendo com que tudo aconteça aqui na Terra, como se fossem coincidências. Por isso, é muito importante não comprar briga com qualquer pessoa.

Nossos anjos, além de inteligentes, são também muito sensíveis. Quando agimos com infidelidade, nós os magoamos muito. Ele saem de perto de nós e vão para o plano astral, esperando o momento em que paramos de sofrer. Uma atitude positiva diante da vida facilita muito o trabalho deles. Aliás, uma atitude positiva diante da vida facilita tudo, e não só nosso contato com eles e o desempenho de seu trabalho. Quando estamos otimistas, nossas auras se expandem e o contato fica mais fácil. Através de nossos sonhos ou de nossas mentes, nosso anjo nos intuirá para o caminho certo, aquele que devemos seguir.

A melhor maneira de conversarmos com nosso anjo da guarda é sendo criativo. Não fique "mendigando" para o seu anjo. Converse com ele como se estivesse conversando com uma criança, sem pressionar nem cobrar resultados.

Existem muitas formas de se pedir algo ao nosso anjo de guarda. Você pode fazer uma prece (apenas pensar ou falar em voz baixa o que você deseja), ou fazer uma oração (falar em voz alta).

Pode-se, também, usar o correio angelical, que é feito da seguinte forma: primeiro defina o pedido ou pedidos a serem feitos. Depois, redija uma carta, dirigindo-a a seu anjo de guarda: "Ao meu anjo de guarda (nome do anjo) ou ao anjo supremo". Coloque nela os seus pedidos, enumerando-os, caso você queira. Não se esqueça de incluir a frase: "Para o bem de todos os envolvidos". No final da carta, escreva: "Bendito é o meu desejo, porque ele é realizado". Feito isso, abra sua Bíblia no salmo 91, e coloque ali a carta com os pedidos, deixando-a ficar por sete dias. Faça as orações que desejar, durante os sete dias, lembrando-se que toda oração é boa, se feita com fé. No oitavo dia retire a carta e queime-a. O ato de queimar o papel faz com que você invoque as forças dos elementais do fogo, e a fumaça transforma seu pedido em essência, levando-o para outra dimensão. Jogue as cinzas embaixo de uma árvore frondosa ou em um jardim.

Fonte: http://www.terra.com.br/esoterico/monica/monica_31_10_2000.htm



Um comentário:

  1. Olá Monica!
    Tenho uma dúvida, eu nasci dia 04/11, mas meu pai me registrou na certidão de nascimento dia 11/11, acredito que não foi " por acaso "...
    Então, qual é o meu anjo, Laoviah ou Caliel?
    Ou são os dois? rsrsrs.
    Obrigada!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails