sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Entenda Mais Sobre Os Anjos - Monica Buonfiglio

A palavra anjo, em hebraico malakl, significa mensageiro, e a referência mais antiga a esses mensageiros teria sido feita em Ur, cidade do Oriente Médio, há mais de 4000 a.C.

A crença no poder angélico está associada à idéia de que nenhum anjo (e eles são numerosos - uma legião) pode resistir a um pedido de socorro. E, para os tratados angélicos, não existe ser humano que não mereça ajuda nem mesmo local no mundo em que a providência divina não possa chegar.

Para a angelologia (parte da teologia que estuda os anjos citados em trechos bíblicos), cada homem tem seu anjo encarregado de ajudá-lo no seu destino.

São Tomás de Aquino foi um profundo estudioso do assunto. Para ele, os anjos eram seres com os corpos formados por um tecido da chamada luz astral e que podiam assumir formas físicas para se comunicar com os homens.

A auréola que circunda a cabeça dos anjos é de origem oriental. Nimbo (do latim nimbus) é o nome dado ao disco ou aura parcial que emana da cabeça das divindades. No Egito, a aura foi atribuída ao deus solar Rá e, mais tarde, na Grécia, ao deus Apolo. Na iconografia cristã, o nimbo ou diadema é um reflexo da glória celeste. As asas e halos apareceram no século I. As asas representam a rapidez com que os anjos se locomovem.

Os israelitas, quando estavam em cativeiro no Egito, foram perseguidos, e o que eles conheciam sobre os anjos sofreu influências dos egípcios, dos babilônios e dos persas.

No Novo Testamento, os anjos apareceram nos momentos marcantes da vida de Jesus: nascimento, pregações, martírio e ressurreição.

Os anjos são considerados reais e não personagens fictícios, pois em muitas passagens bíblicas, eles estão presentes (Jesus se deixou auxiliar por eles, anunciação de Maria etc.). Existem cerca de 500 citações bíblicas sobre os seres alados.

Eles também estão presentes em todas as religiões orientais e ocidentais (no islamismo, o Alcorão é revelado ao profeta Maomé pelo anjo Gabriel).

A tradição católica dividiu os anjos em três grandes hierarquias, subdivididas cada uma em três companhias:

1)
Serafins: que personificam a caridade divina.
Querubins: que refletem a sabedoria divina.
Tronos: que proclamam a grandeza divina.

2)
Dominações: que têm o governo geral do universo.
Potências: que protegem as leis do mundo físico e moral.
Virtudes: que promovem prodígios.

3)
Principados: responsáveis pelos reinos, estados e países.
Arcanjos: responsáveis pela transmissão de mensagens importantes.
Anjos: que cuidam da segurança dos indivíduos.

Gabriel, Miguel e Rafael, os anjos mais populares

Anjo Gabriel
A terminação "el" de seu nome significa Deus em hebraico. Gabriel deriva de Gibor, que significa herói. Dessa palavra deriva “gebher”, que significa humanidade. Portanto, a palavra Gabriel expressa a idéia de herói da humanidade ou humanidade de Deus.
Ao anjo Gabriel, os devotos pedem intervenção e auxílio para as mulheres que desejam ter filhos.
Protege: os que desejam obter resposta rápida aos seus pedidos e as mulheres que desejam engravidar.
Emblema: lírio

Arcanjo Miguel
Mikael ou Miguel significa "quem é como Deus?". O arcanjo é invocado para pedir coragem, defesa e proteção divina. Quando você ora para o arcanjo Miguel, estará pedindo a queima de tudo que é passageiro e a permissão para o que é seguro e eterno.
Protege: a casa de invasores.
Emblema: espada; balança; dragão

Anjo Rafael
Rafael, em hebraico significa "Deus cura". Anjo representado por um bastão, este anjo é o fiel conservador dos segredos do Templo e o intermediário do casamento legítimo.
Revelou-se assim para Tobias: "sou um dos sete anjos que apresentam a Deus nas orações dos justos e que estão constantemente diante da Sua presença".
Protege: enfermos; casamento e os que trabalham com a potencialidade de cura com as mãos
Emblema: frasco dourado; espada ou flecha afiada

Oração aos Santos Anjos
Santo Anjo do Senhor,
Meu zeloso guardador,
Se a ti me confiou à piedade divina,
Sempre me rege,
Guarda,
Governa e ilumina.

Monica Buonfiglio
Fonte: http://www.terra.com.br/esoterico/monica/colunas/2008/12/08/000.htm



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails