sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Salmo dos Anjos (90/91)

DEUS, PROTETOR DOS JUSTOS
1. Deus,
Eu moro sob a proteção do Altíssimo
E descanso à sombra do Onipotente.

2. Digam todos:
"O Senhor é meu refúgio e
Meu escudo,
Meu Deus em quem confio."

3. Porque o Senhor há de livrá-lo
Do laço do caçador e das doenças
Perigosas.

4. Com Suas penas o cobrirá
E o abrigará sob Suas asas.
Escudo, verdade e aliança são lealdade divina.

5. O filho que crê no Pai
Não teme jamais,
Nem à noite nem à luz do Sol,

6. As doenças que se propagam
Ou os flagelos que arrasam o dia.

7. Podem cair mil a Seu lado,
E à direita, mais dez mil,
Mesmo assim
Nada O atinge.

8. Inclinará os Seus olhos em tudo,
E verá que o caminho contrário
Não leva a nada.

9. Pois Ele é de fato
Meu refúgio.
Sinto-me confortado
No Senhor Altíssimo.

10. Nada poderá me atingir.
Em minha casa não haverá doenças
Nem desavenças.

11. Pois o Senhor deu ordens aos anjos
para que guardasse Seu filho por
onde quer que Ele caminhe.

12. Eles irão levá-lo,
segurando suas mãos,
para que não machuque
os pés nas pedras.

13. Andará por sobre os
contrários mais temíveis, como
o leão, o dragão...
E Seu filho pisará a salvo.

14. Porque quem está unido ao Senhor
estará salvo e protegido.

15. "Se invocado,
Eu ouvirei.
Serei Seu amigo nos momentos
mais difíceis,
Eu lhe darei a salvação e a glória.

16. Darei fartura, prolongando a vida.
Mostrarei minha salvação".



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails