quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A Caminho da Luz ou da Escuridão? - Sônia Carvalho

“Projetadas dos olhos, as lágrimas nascem da angústia do coração e caem na direção do chão onde se perdem.
Estampado nos lábios, o sorriso brota da alma satisfeita e confiante, como que elevando seus braços na direção do Céu em ato de louvor, desejando abraçá-lo.
Se chorar é inevitável, sorrir é a escolha daquele que relembra sua procedência celeste, buscando sua Origem Divina”.

(Livro Saúde do Espírito – André Luiz Ruiz pelo Espírito de Bezerra de Menezes - Mensagem Chorar Sorrindo ou Sorrir Chorando)

Se um dia acordar acreditando não valer a pena mais nada, tenha a certeza que realmente nada valerá a pena mesmo.

Se diante dos obstáculos, optar cruzar os braços jamais chegará a novos horizontes.

Quando diante dos ideais não concretizados, adotar a revolta perante o mundo estará fechando as portas para novas realizações.

Se atingido pela dor decidir trilhar o caminho do desespero, estará a afastar o auxílio dos amigos espirituais que jamais lhe abandonam.

Ocultando suas emoções, não conseguirá compreender o porquê de suas aflições.

Olhando a todos com desdém apenas encontrará a indiferença em seu caminho.

Quando preferir julgar e condenar os atos alheios estará a preparar o terreno para que no amanhã o mesmo seja feito com você.

Alimentando os sentimentos conturbados acaba por permitir que a escuridão habite o seu íntimo.

Se preferir prosseguir olhando para o chão, continuará a sentir-se sem forças para carregar o fardo que necessita, visualizando apenas o seu sofrimento.

Afastado da fé, enxergará a sua frente apenas as sombras que gradativamente sugam a sua vontade de viver.

Com medo não será capaz de dar um passo sequer, porque estará algemado a falsas crenças.

Deixando de investir na esperança estará apagando todas as luzes que encontraria a sua frente.

Concedendo espaço para os pensamentos negativos, aniquila qualquer inspiração vinda do Alto.

E sem confiança, deixa de sentir a Presença do Criador ao seu lado, sempre a lhe fortalecer, amparar e lhe guiar diante das tempestades.

E o Pai jamais deixa de lhe auxiliar, mesmo quando a queda que você sofre é consequência direta de seus atos.

O Pai não lhe castiga, apenas lhe oferece inúmeras chances de se redimir espiritualmente e modificar seus passos.

E Ele sabe que todo filho seu é capaz disso.

Sabe esperar amorosamente! Porque confia em seu filho, o qual jamais deixa desamparado.

O Pai confia em você!

E você, confia? Sente que chegou o momento de buscar por esse Pai de misericórdia, adotando um novo rumo para sua existência?

Que chegou o momento de levantar-se e com determinação começar a trabalhar por novas e edificantes obras?

Passa a compreender que não pode deixar que as ferramentas que possui se enferrujem pela falta de uso?

Convence-se de que o ontem pode ter sido de enganos, mas se no agora buscar combatê-los, não estará nessa luta sozinho e encontrará sim um novo amanhecer para seu Espírito.

O Pai continua a acreditar em você e está nesse momento a sua frente de braços abertos a novamente lhe chamar...Meu filho!

E qual caminho seguir? Continuar preso à escuridão ou ir ao encontro da luz?

A decisão é sua.

E independente de qual caminho venha escolher, o Pai permanecerá a sua frente a repetir:

“Meu filho!”

Sônia Carvalho
soniaccarvalho@hotmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails