domingo, 14 de novembro de 2010

Positive-se - Isabela Medeiros

Quem nunca conheceu alguém muito azarado? Daquele tipo em que nada nunca dá certo, o dia está sempre ruim, a vida sempre vai mal? Pois é. A maioria de nós conhece alguém assim. E pelas leis básicas da atração, causa e efeito, entre tantas, dá para saber o que acontece.

Essas pessoas entraram num ciclo negativo em algum momento da vida e não se deram conta. Muitas delas já se acostumaram com essa condição de azaradas e já solidificaram o padrão, já nem fazem força para mudar qualquer coisa. Para elas, a vida é assim mesmo, foi ruim com elas, e não tem muito mais o que fazer. Mas será mesmo?

E ainda tem aqueles casos que acontecem com todos nós. Todo mundo passa por esses momentos negativos, fases ruins ou marés de azar.

Com os florais de Bach, podemos tratar as causas e melhorar bastante o humor de quem está se achando vítima da vida ou se considera um tremendo azarado.

Uma das flores principais para esses casos é a Willow, uma florzinha que consegue transformar o pessimismo em otimismo. Ela é indicada para quem está choroso, se sentindo abandonado, diante de uma adversidade. O Willow é a essência que ajuda a lidar com os problemas com menos tristeza e mais jogo de cintura.

Se a pessoa sofreu um revés muito grande, pode sair do estado Willow e ficar desesperada, perguntando por que a vida fez aquilo com ela. Se esse for o caso, a pessoa deve tentar a essência Sweet Chestnut que é uma essência que traz Fé, como o Willow, mas acima de tudo Luz para aquele momento de sombras. Quem vive esse momento precisa de um entendimento mais profundo.

Existem outras essências associadas a esse caso como a Holly, por exemplo, no caso da pessoa transformar a mágoa e ressentimento em raiva e ódio, seja de si próprio, da vida ou de pessoas etc.

Ou seja, o melhor é consultar um terapeuta sempre para que ele analise essas nuances da situação. Mas o importante é entender que ao nos colocarmos de forma negativa diante da vida atraímos mais e mais experiências negativas, numa grande roda de eventos de falta de sorte. Obter a sorte não é uma escolha divina: "Esse vai ser sortudo, esse não vai." É muito uma questão de postura diante dos acontecimentos. Existem momentos em que é difícil manter a alegria, o bom humor, o otimismo, de fato. Se você anda muito ressentido, magoado, triste e não sabe como sair dessa sozinho, procure um terapeuta (floral ou de outras técnicas) para ajudá-lo. O importante é trazer a energia para o positivo. Você vai se espantar com a forma como as portas se abrirão trazendo mais e mais novidades maravilhosas. Porque o contrário também é verdadeiro, a roda de positividade existe e traz muita felicidade. Quem manda na sorte é você!

Isabela Medeiros
http://www.respostadavida.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails