domingo, 14 de novembro de 2010

Receita de Paz - Aceitar o Mal Como Remédio

Na vida, sempre temos escolhas a fazer, sendo que um caminho é a porta larga, que nos leva ao mal e o outro é a porta estreita, cuja passagem é difícil, cheia de obstáculos, porém a que nos leva ao bem.
O bem e o mal parecem bem definidos pela palavra em si, porém o significado é muito mais amplo.

Nem sempre aquilo que parece mal é mal, nem o que parece ser um bem é um bem.
Podemos exemplificar com o caso de um pai que atende aos mínimos caprichos de um filho. Este pai entende que está agindo bem, mas na realidade está fazendo um mal ao seu filho, pois está criando uma pessoa sem limites e que no futuro não respeitará os demais, e fatalmente colherá frutos amargos no futuro.

Em outra situação uma pessoa pode sofrer com uma doença qualquer, e todos vêem nisso um mal, mas não percebem que muitas vezes uma doença é providencial, para evitar que males maiores aconteçam àquela pessoa. Às vezes uma deficiência física nos impede de cairmos nos abismos da insensatez e da loucura.

Assim, procuremos sempre meditar sobre as nossas atitudes e quais os recados que estamos recebendo do Universo, para que façamos as modificações necessárias em nós, no nosso interior, revendo ações e sentimentos.
Todo mal que sofremos é conseqüência de nossas atitudes e pensamentos.
Não há culpados. Somos nós mesmos os nossos algozes.

O mal é o remédio amargo que nos curará de todas as dores e sofrimentos advindos de nossas mazelas.
Aceitar as dificuldades e aprender a superá-las, com a confiança de que Deus está ao nosso lado sempre, essa é a receita para encontrarmos a paz dentro de nós!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails