terça-feira, 16 de novembro de 2010

Sempre Existem Oportunidades... - Rubia A. Dantés

Nesses caminhos pela busca de evolução, pelo autoconhecimento... tem tempos em que... trabalhamos, trabalhamos... e parece que nada acontece... e tem outros tempos onde a transformação é muito visível... A nossa mudança diante das coisas é muito perceptível... e as coisas a serem trabalhadas e liberadas se manifestam em grande quantidade.... É como se tivéssemos terminado um ciclo e nos preparássemos para o início de outro... e nesse intervalo... um pouco antes do final e um pouco depois do início... existe muito movimento...

E parece que, pelo momento que estamos passando, as coisas agora vão ficar cada vez mais movimentadas... e é hora de arregaçar as mangas e aproveitar as oportunidades...
Estamos passando pelo final de um grande ciclo de 260000, de acordo com os Maias...

E sempre que existe um final... existe um novo início... e esse tempo é muito rico e em termos de possibilidades de liberação do velho e de acessar o novo.

Cada um na sua história pessoal também pode sentir essas oportunidades de mudança, efervescendo... e nos puxando para a evolução...
E tudo que não condiz com a vibração do novo tempo... pede por transformação...

Parece que antes andávamos por uma estradinha de uma pequena cidade do interior, quase sem movimento... e, agora, transitamos em rodovias super movimentadas de grandes cidades...

E por que não aceitar o nosso momento e aproveitar toda a riqueza que ele nos oferece?
Tudo que nos chega... é porque damos conta... e é melhor olhar de frente e trabalhar naquilo para liberar o que for preciso do que jogar mais uma vez para debaixo do tapete...
Acho que do jeito que as coisas vão, não vai ter nem mais tapete para escondermos nosso lado sombra... Tudo vai se revelar, de uma forma ou de outra...
Por que não cooperar com esse processo e agradecer pela oportunidade de estarmos aqui em uma época tão especial? Estar encarnado nessa época é um presente e... se soubermos aproveitar, vamos finalmente colher todas as coisas boas...

Por mais movimentado que esteja esse processo de transformação, com tantas coisas vindo à tona... sempre podemos escolher passar por isso, como se ainda estivéssemos passando por aquela pequena e tranqüila estradinha do interior... podemos passar por tudo sem nos deixar levar pelo que estamos passando.

Para isso é só buscar o centro... acessar aquele espaço de silêncio e tranqüilidade que está dentro de cada um de nós... sempre disponível... onde nada nos afeta.

Sei que às vezes não é fácil... quando alguma memória vem à tona e nos movimenta tanto, parece que aquilo é tão real que sentimos até nos ossos... porque quando essas memórias vêm e nos levam a reagir movidos por elas, parece que quem reage é aquela parte em nos que passou pelo que originou o medo... revivemos tão nitidamente a experiência que nem nos reconhecemos ali...

Nessa hora, antes de nos deixarmos levar pelo medo... ou melhor, pela memória dele... podemos sempre nos afastar e de uma distância mais confortável e lembrarmos que o que está nos movendo é só uma ilusão e não algo real que nos ameace realmente...
e a partir daí, buscar o centro...

Existem muitas técnicas disponíveis para isso. A respiração, meditação... músicas... enfim... cada um tem uma sintonia com algo que o leva para você mesmo.

Uma vez eu recebi de uma mulher que me aparecia em sonhos... e em jornadas no tambor... uma dica preciosa. Ela me disse que tudo que eu precisava saber, me chegava no centro e que eu quase não estava lá para receber... e me mostrou uma mandala de luz branca... me ensinando a caminhar até o centro dessa mandala e ali permanecer. Assim fiz e... naquela época, me lembro que poucos minutos depois um telefonema me mostrou exatamente o que eu precisava saber para clarear uma situação bem complexa que estava na minha realidade... onde eu sentia que existia algo além, que eu não conseguia entender...
E realmente era algo inesperado que me foi mostrado com clareza. A partir daí, quando me lembro, sempre uso esse recurso da mandala e isso me acalma.

Vamos agradecer esse tempo... porque é o que temos, sem resistir e buscando ver que onde vemos obstáculos sempre existem oportunidades...

Rubia A. Dantés - rubia.americano@terra.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails