quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Abrindo-nos Às Infinitas Possibilidades - Rubia A. Dantés

Recentemente, encontrei-me diante de uma situação pela qual pude constatar como ainda estava presa a memórias equivocadas que reduzem nossa realidade somente aos possíveis caminhos ditados pela nossa mente limitada.

Percebi que em determinada situação estava presa a possibilidades extremamente reduzidas... e vi que uma parte de mim, quando se trata de coisas mais práticas, ainda acreditava que as coisas só poderiam acontecer se percorressem aqueles caminhos que eu conhecia...
Acreditava... pois, ao constatar isso... quando minha mente percorria os caminhos conhecidos, já querendo me convencer da dificuldade das coisas para fluírem naquela situação... parei por um segundo... e vi claramente como aquela era só uma parte infinitamente pequena... e que, além dos limites da minha mente... além dos limites dos caminhos conhecidos... existiam infinitas possibilidades...

Veio-me a imagem de um espaço com inúmeros pontos de luz que brilhavam e pulsavam indicando possibilidades infinitas de criação que existem disponíveis quando nos abrimos para elas... e foi quando percebi um ponto opaco no meio de tantos que brilhavam... e minha atenção se focou naquele ponto por um instante... de repente, todos os outros deixaram de existir e fiquei restrita àquele ponto...

Logo me dei conta daquilo que essa imagem me mostrava e imediatamente tudo voltou a brilhar e a pulsar, e o ponto opaco, que representava as soluções oferecidas por minha mente, desapareceu no meio dos outros pontos brilhantes...

Nos dias que se seguiram, cada vez que tentava limitar minha realidade ao que era conhecido, e, portanto, já pertencia ao passado, lembrava-me daquela imagem e sentia claramente como conseguia soltar mais e mais o controle e acreditar cada vez mais que para cada problema existem infinitas soluções... que não passam necessariamente pelo que conhecemos através de nossa mente racional...

Alguns dias depois... naquela situação, aconteceu algo inesperado e que eu nunca conseguiria imaginar... Parece que o Universo queria mesmo me mostrar que, quando soltamos o controle, as soluções podem vir de forma inacreditavelmente simples e inusitada...

Entendi como as memórias equivocadas que geralmente traçam os caminhos possíveis para nossa mente, impedem o acesso às infinitas possibilidades.

Quando focamos somente naquilo que acreditamos ser possível, estamos impedindo que se manifestem todas as outras possibilidades... e com isso limitamos a nossa vida aos mesmos velhos e conhecidos caminhos.

Estar aberto e presente para perceber o ilimitado pode nos surpreender com coisas nunca imaginadas...
Por que viver só com nossas soluções do ego, se nossa Alma nos acena com o infinito?

Rubia A. Dantés - rubia.americano@terra.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails