quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Será Que Conseguiremos Vencer? - Sônia Carvalho

Ontem, enquanto voltava para casa, ouvia uma música do Legião Urbana e um dos trechos dizia: “Será que conseguiremos vencer?”
Realmente é uma pergunta que todos nós, em algum momento de nossas vidas, já fizemos.
Quem nunca almejou ter garantias de que tudo daria certo?
De que o caminho escolhido é o correto?
E principalmente, de que no final, venceríamos qualquer dificuldade?
Porém, a vida não nos dá essas garantias.
Serenidade e adversidade se alternam.
Hoje, temos saúde, amanhã talvez a doença nos visite.
Agora nos sentimos invencíveis, depois, incapazes de qualquer coisa.
Lágrimas e sorrisos se misturam.
Ação e inércia coordenam nossos movimentos.
Sim, muitos são os acontecimentos que teremos que enfrentar.
Porém, devemos sempre ter a consciência de que se não podemos ter garantias, podemos contar com o a fé.
Deus jamais desampara um filho seu.
Mesmo que tivermos que enfrentar as trevas, devemos ter a plena certeza de que o Pai estará guiando nossos passos e se necessário, também nos carregará no colo.
Todo o sofrimento é uma prova pela qual temos que passar e não estaremos sozinhos nessa caminhada.
Se a tempestade assustar, busquemos o auxílio divino, porque o plano espiritual não nos abandonará.
Se a incerteza diante de um fato incomodar, ouçamos a voz que vem do nosso coração.
Se a dor se prolongar, devemos exercer a confiança, porque nenhuma dor será eterna.
E no final, iremos perceber que os obstáculos serviram para o nosso amadurecimento.
Confiemos na nossa evolução espiritual.
Se o amanhã parece incerto, plantemos boas sementes no hoje, para que depois, possamos desfrutar dos frutos.
Se o caminho a percorrer parece longo demais, recordemos o quanto já evoluímos e acreditemos que podemos sim, chegar ao nosso destino.
Se as batalhas são constantes, reflitamos sobre o exemplo de amor e entrega de Jesus que enfrentou o pior martírio e não perdeu a serenidade.
Se estamos cansados, procuremos pela chama da esperança que vive dentro de cada um de nós e com ela, busquemos novos horizontes.
Se o aprendizado parece complexo demais, tenhamos a certeza de que teremos a eternidade para aprender a lição.
Se buscamos por glórias externas, lembremos que com o tempo elas perdem o seu brilho e o que realmente fica são os bens espirituais que conseguimos acumular.
Se tememos o futuro, façamos no hoje, o melhor que pudermos, assim, iremos ter o sol sempre a nos iluminar, mesmo após as maiores tempestades.
Se as quedas nos assustam, procuremos sempre semear o amor, porque no dia que cairmos, muitas mãos se erguerão para nos ajudar.
Se as possíveis fatalidades do amanhã nos atormentam a alma, acreditemos no nosso poder interno, afinal, há séculos, Jesus já dizia que éramos deuses e poderíamos realizar muitas coisas.
Se fatos inesperados modificaram o rumo da nossa vida, confiemos que o Pai sempre sabe o que faz.
Se a revolta diante de um acontecimento quiser nos dominar, pratiquemos a paciência, porque toda adversidade sempre nos traz um aprendizado e nos fortalece para novas empreitadas.
Se algumas pessoas tiveram que ficar no meio do caminho, continuemos nosso caminhada, porque lá na frente, o reencontro está marcado.
Se nos angustiamos e muitas vezes nem sempre sabemos o motivo, busquemos o nosso íntimo que na maioria das vezes deixamos abandonado em alguma esquina da vida.
Se pensamentos negativos nos perseguem, pratiquemos o “vigiai e orai” e aos poucos, veremos a paz retornar.
Se nos sentimos paralisados, usemos da perseverança para arregaçar as mangas e edificar obras.
Se os prazeres momentâneos são convidativos, lutemos para preservar a disciplina e a reflexão.
Se os bens materiais são escassos, não importa, porque em determinados momentos de nossa caminhada, a bagagem de que precisaremos será outra.
E se ainda não temos a convicção de que conseguiremos vencer, mentalizemos a figura luminosa do Pai a nos esperar de braços abertos, porque Ele sabe que venceremos e chegaremos ao seu encontro...

Sônia Carvalho
soniaccarvalho@hotmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails