segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sonho, Instrumento de Felicidade - Luiz Alberto Py

Sonhar é uma das formas mais fascinantes de colocar a mente em funcionamento. Existem duas maneiras de sonhar. O sonho acontece quando se está dormindo (e nestes momentos não podemos controlar o que sonhamos), e também quando se está acordado – o que se costuma chamar de devaneio, quando conseguimos controlar o fluxo de nossos sonhos e direcioná-los com a nossa vontade. A atividade de sonhar é extremamente criativa, pois facilita às pessoas o uso da imaginação. Diversos cientistas já contaram que solucionaram difíceis problemas profissionais através de devaneios durante o dia ou de sonhos noturnos quando, dormindo, encontraram soluções criativas para dificuldades que não estavam conseguindo resolver.

Existem dois tipos de sonhadores. Algumas pessoas se limitam a sonhar, sem procurar uma oportunidade para transformar seus sonhos em realidade. São os que usam o sonho como um substituto da realidade. Tiram prazer de suas criações imaginárias e se sentem recompensados em fantasiar situações que poderia lhes dar prazer e satisfação caso se tornassem realidade. O prazer que obtêm através da imaginação lhes basta e eles substituem a realização pelo sonho. Trata-se de uma espécie mental de masturbação e, como tal, completamente estéril. É uma evolução positiva conseguir tornar-se sonhador do outro tipo. Esses são os que utilizam o sonho como um prelúdio à ação e não como um substituto dela. Para eles, sonhar é o ponto de partida para uma vida plena e criativa.

É por meio do sonho que se constrói e se modifica a realidade. Todas as realizações humanas, sem exceção, tiveram como ponto de partida um sonho. Dar forma real a um sonho talvez seja a grande vocação de todos nós e um dos privilégios dos seres humanos. O grande dramaturgo irlandês, George Bernard Shaw (1856-1950) descrevia o seu processo criativo dizendo: “Eu sonho com coisas que nunca existiram e me pergunto: por que não?”

Luiz Alberto Py
http://doutorpy.blogspot.com/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails