quarta-feira, 2 de março de 2011

O Poder de Renascer - Elisabeth Cavalcante

Muitas situações na vida levam o ser humano a sentir-se derrotado. De repente, todas as coisas deixam de fazer sentido e, levantar-se da cama a cada dia, torna-se algo penoso e quase impossível de ser realizado.

Nesses momentos-limite julgamos que as forças nos abandonaram por completo e que jamais conseguiremos recuperá-las. Mas, existe algo misterioso, belo e imutável dentro de nós: a capacidade de renascer.

O mito da fênix, a ave que renasce das próprias cinzas, é a metáfora perfeita da história do ser humano que, muitas vezes, cria para si mesmo o fogo destruidor, à semelhança da ave que eriça as próprias asas provocando as chamas que irão consumi-la.

Assim como a ave mitológica, também possuímos o segredo para fazer surgir de dentro de nós um novo ser, quando o velho ego já não nos garante a força necessária para enfrentar a vida.

Esse poder, que reside em nossa mente, precisa ser acionado pela vontade, a alavanca mágica com a qual fomos todos dotados pelo Supremo Poder Criador.
Porém, dirão alguns, quando a tristeza nos domina e perdemos o encanto pela vida, nossa vontade parece desaparecer, como podemos recuperá-la?

Se conseguirmos vislumbrar, nos acontecimentos de nossa vida, uma razão superior, por mais incompreensível que ela nos pareça no momento, então, todos os fatos se tornarão parte de um todo maior, um projeto do Criador para que recuperemos nossa essência divina.

Muitas vezes a dor se torna a única estrada através da qual chegaremos ao Caminho. Porém, se soubermos entendê-la exatamente desse modo, como um atalho para a chegada a um novo estado de ser, poderemos transcendê-la, ao invés de nos tornarmos seus reféns.

Pedi e vos será dado. Estas palavras do Mestre Jesus resumem de forma simples como podemos transmutar as trevas em Luz. Quando tudo parecer perdido, peça a ajuda do Criador e Ele, infalivelmente, a concederá. O Supremo Poder sempre coloca em nosso caminho a ajuda de que necessitamos. Basta para isso que a solicitemos com toda a verdade de nosso coração.

A ajuda jamais falha quando nosso propósito é focado no valor da vida, no amor, na compaixão. Estes são, aliás, os caminhos mais seguros para alcançarmos a paz. Segundo o Dalai-Lama, autoridade suprema do budismo tibetano, ser feliz é o objetivo desta vida e uma atitude amorosa é a maior fonte de tranqüilidade.

Cultivar o sentimento de proximidade e calor humano pelos outros, coloca a nossa mente num estado de paz que ajuda a remover o medo e a insegurança e nos dá força para lutar contra os obstáculos. É a causa mais poderosa de sucesso, afirma o Dalai-Lama.

Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga,
Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Email: elisabeth.cavalcante@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails