quarta-feira, 6 de abril de 2011

Você é Responsável Pela Sua Vida - Luiz Antônio Gasparetto

Quero presentear você com um texto brilhante que recebi pela internet. Apesar de ser bem conciso, seu conteúdo é riquíssimo. Ele nos faz pensar muito sobre a auto-responsabilidade. É isso mesmo, gente! Não adianta nem um pouco nos enganarmos creditando a terceiros os acontecimentos da nossa vida. Nós somos os grandes realizadores e responsáveis pela nossa história.

Se a sua não está caminhando exatamente como você deseja, pare e pense nas suas condutas, atitudes e posturas. Por certo, a resposta que a levará para o caminho da realização está dentro de si mesma. Aproveite esse belíssimo texto. Aí vai ele:

“Um dia, quando os funcionários de uma empresa chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estavam escritas as seguintes palavras:‘Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida nesta empresa. Você está convidado para o velório dela, que será realizado na quadra de esportes.’No início, todos os funcionários se entristeceram com a morte de alguém do trabalho. Porém, depois de algum tempo, eles começaram a ficar curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento profissional na empresa.

A agitação na quadra de esportes era tão grande que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação da multidão aumentava mais ainda:
- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso?
- Ainda bem que esse infeliz morreu!

Um a um, todos os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor a fim de descobrir quem era o defunto, engoliam seco e saíam de cabeça abaixada, sem comentar nada uns com os outros. Os que olhavam o caixão ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma, e dirigiam-se para suas salas. Os outros, muito curiosos, mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a vida de cada um deles. A pergunta ecoava na mente de todos: ‘Quem está nesse caixão?’

No visor do caixão havia apenas um espelho, e cada um que olhava para lá via a si mesmo. Só existe uma pessoa capaz de limitar o seu próprio crescimento: você mesma!

Você é a única pessoa que pode promover uma grande revolução na sua vida.
Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida.
Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesma.

Sua vida não muda quando seu chefe muda, quando sua empresa muda, quando seus pais mudam, quando seu namorado muda, e por aí vai. Sua vida muda... Quando você muda! Afinal, você é a única pessoa completamente responsável por ela!"


O mundo é como um espelho que devolve para cada pessoa apenas o reflexo dos seus próprios pensamentos. A maneira como você encara a sua vida é que faz toda a diferença. Sua vida muda quando você muda!

Luiz Antônio Gasparetto



Um comentário:

  1. Curti demais este texto...é a grande realidade da vida!!!Precisamos sempre arregaçar as mangas e seguir nossos confrontos,como também nossos sonhos!!!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails