quarta-feira, 8 de junho de 2011

Reverenciando o amor e desatando os nós internos! - Maria Isabel Carapinha

A cada dia agradeço ao Universo pelas pessoas que me fazem crescer ao compartilharem comigo suas vidas. Mais e mais entendo - e tenho absoluta certeza -, que a ajuda mútua permite o desatar de nossos "nós" internos, incluindo aqui uma observação importante, a de que, entretanto, você também pode criar "nós" em seu parceiro sem perceber.
É muito importante não ignorar os "nós" existentes, pois são eles que nos levam a bloqueios energéticos, impedindo que a nossa vida deslanche da forma como gostaríamos.

A falta de compreensão de seus conflitos internos - e daqueles das outras pessoas -, nos leva à agressividade e isso é sinônimo de excesso de emoções guardadas. Compartilhar emoções significa que você nunca deve se fechar em seus sentimentos, sentindo-os em profundidade e participando com os envolvidos aquilo que sente.

A pessoa que está ao seu lado hoje é fruto de sua busca pessoal e sabemos que o crescimento diferenciado pode frequentemente levar ao afastamento. Será que o que você está vivendo hoje como uma relação desgastada, não pode ser somente fruto da falta de diálogo e de compreensão do outro, originando "nós" emocionais e, por fim, bloqueios energéticos? Será que não chegou o exato momento de entender o outro em vez de implicar com ele?
Criar um relacionamento harmônico em sua vida significa ter diálogo, aproximação e, principalmente, entender o que é realmente importante para o outro.

Se foi gerado um distanciamento entre você e seu parceiro, tente entender o motivo antes de assumir uma posição crítica. Uma das coisas que mais reforça um relacionamento é você se tornar especial na vida do outro, tendo a humildade de perceber que o problema pode estar com você.
Quando estabelecemos as curas emocionais para nossa vida através do equilíbrio energético, passamos a perceber e observar aspectos e atitudes que, até então, passavam despercebidas.
Essa cura energética através da Mesa Radiônica nos leva a entender de maneira clara o que de fato é importante para a pessoa que está ao nosso lado e passamos, finalmente, a reverenciar o amor.

A pessoa que compartilha conosco a sua vida carrega necessidades que lhe foram 'transferidas' na infância. Essas necessidades são evidenciadas na forma de comportamentos assumidos ao longo dos anos. Nesse momento, cabe uma colocação: só passamos a percebê-las de fato quando estamos em equilíbrio conosco mesmos. Busque entender aqui nesse ponto o que outro deseja para ele.
Há pessoas que dão muita importância a elogios pessoais e palavras de incentivo... Veja, então, se no seu relacionamento, o elogio é a coisa mais importante para seu parceiro... e se você muitas vezes age desmotivando-o ou colocando-o para baixo a fim de sobressair, tenha a certeza que o desastre emocional terá prazo determinado em sua vida.

Isso ocorre com muito mais frequência do que podemos imaginar. São inúmeros os relacionamentos onde a mulher, por se sentir inferior em algum aspecto, desfaz o tempo todo do marido, seja por aspectos pessoais, financeiros ou de família. O marido se sente mal, diminuído e para evitar brigas e constrangimentos se cala, mas é neste momento que o afastamento se inicia.
Se a coisa mais importante para quem estiver ao seu lado for o tempo que você dedica a ela e você trabalha de forma desenfreada, a fim de atingir aquele cargo que sempre almejou, ou então, trabalha vinte horas por dia para conseguir aquele apartamento de seus sonhos, em breve, estará fadado a curtir toda essa riqueza sozinho.

Se a importância da outra pessoa for a atenção aos objetivos em comum e você pensar somente em seus objetivos pessoais, também estará trilhando um caminho que levará ao distanciamento.
Veja, sinta que tudo isso pode ser um alerta para o seu relacionamento não desmoronar; o amor que um dia existiu entre vocês poderá deixar de existir aos poucos, porque você não está percebendo o que de fato é importante para a outra pessoa.

Sentir-se amado é a primeira necessidade do ser humano; por amor fazemos tudo, até mesmo abrir mão de nossas necessidades e, nesse momento, cabe uma reflexão: será que de fato vale a pena você 'deixar de existir', se anular em função do outro? Pode ser que no dia em que você perceber que não vale mesmo a pena, o outro já tenha ido embora.

Necessidades supridas representam estabilidade emocional, mas você nunca poderá oferecer ao outro o que não tem. Este é o momento ideal de perceber que a pessoa que está ao seu lado é a mais importante do mundo, ela merece atenção, carinho, palavras de compreensão e incentivo, merece, sobretudo, ser ouvida. A paixão que os uniu um dia era ilusória, uma projeção do que você idealizava, mas hoje você vive a realidade e esta realidade requer compreensão e inteligência.
Palavras que edificam, elogios e admiração comunicam o amor.
Os elogios motivam o outro a ir atrás de seus objetivos pessoais. É de suma importância estar próximo de quem você ama e prestar atenção aos seus desejos internos.

Será que você sabe ouvir quem está ao seu lado? Isso é muito mais difícil do que se possa imaginar... normalmente quando o outro fala, divagamos em pensamentos e nossa mente acelera. Aqui vai um dado incrível, a grande maioria das pessoas leva em média somente vinte segundos para interromper o outro, será que você também se enquadra nesta estatística?
Separe um tempo do dia para o diálogo, lembrando que sua presença e compreensão representam um presente e presentes se traduzem emoções positivas. Escute as críticas que o outro lhe dirige, elas podem mostrar as reis necessidades do outro.

Não acredite nunca que o seu relacionamento não tem mais jeito, não empurre a sua vida com a barriga, reestruture sua energia, trate do seu equilíbrio emocional e reverencie o amor em sua vida, resgatando quem um dia foi a pessoa mais importante para você.
Admita em primeiro lugar que você precisa se tratar e, então, arregace as mangas e siga rumo ao que é profundamente importante.

Maria Isabel Carapinha
Email: isabelc@uol.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails