quinta-feira, 7 de julho de 2011

As Cartas Certas - Luiz Alberto Py

A vida é difícil para todos. Saber disto ajuda porque nos poupa da auto-piedade. Ter pena de si mesmo é uma viagem que não leva a lugar algum. A autopiedade, para ser justificada, nos consome um tempo enorme na construção de argumentos e motivos que nos levam a nos entristecermos com uma coisa absolutamente natural: nossas dificuldades.

Não vale a pena perder tempo com queixas a respeito dos obstáculos a serem superados para se sobreviver e crescer. É preferível ser generoso com o próximo, ajudando os que precisam de uma mão amiga, de um sorriso de encorajamento, de um abraço de conforto.

Para resolver os problemas, lance mão de suas melhores qualidades: capacidade de amar, tolerar e rir. Muitas pessoas vivem a se queixar de suas condições desfavoráveis, culpando as circunstâncias por suas dificuldades ou fracassos.

As pessoas que se dão bem no mundo são aquelas que saem em busca de condições favoráveis e, se não as encontram esforçam-se por criá-las. Enquanto se acreditar que a vida é um jogo de sorte, perde-se sempre. O importante não é ter boas cartas, mas usar bem as que foram recebidas.

Luiz Alberto Py
http://doutorpy.blogspot.com/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails