segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ame a si mesma como aos outros… - Luiz Antônio Gasparetto

No dia a dia, procure pensar somente em coisas boas. Sim, eu sei que isso é um desafio e tanto – ainda mais porque a vida da gente é uma grande loucura. Pressões de todos os lados, obrigações mil, muito trabalho e pouco descanso. No entanto, ter uma cabeça leve e equilibrada é fundamental para garantir uma existência mais tranquila.

Repare como todos os seus sentimentos, os bons e os ruins, são fruto dos seus próprios pensamentos sobre si mesma e sobre o mundo. Quando você cultiva um pensamento terrível, manifesta emoções horrorosas. E não dá outra: o que comanda nossa vida são nossos pensamentos. E, uma vez que acreditamos neles, eles acabam se transformando em realidade. Aí você atrai pessoas e situações positivas ou negativas, de acordo com o teor desses pensamentos.

É claro que, no lugar mais secreto e inacessível de nossa mente, existe um departamento de defesa. Ele trabalha a todo vapor para garantir nossa evolução, nosso bem-estar. Trata-se de uma proteção natural que toda pessoa tem para não se deixar levar por pensamentos ruins. Porém, se a pessoa insiste no pensamento negativo, essa defesa se recolhe e respeita a decisão dela.

Vejamos as doenças: muitas delas são geradas por ideias. As pessoas orgulhosas, por exemplo, sempre se sentem por baixo. E, quando se sentem assim, mantêm uma visão errada sobre si. Por isso, surgem sintomas de angústia, ansiedade e depressão, que criam situações infelizes e frustrantes. Ressentimentos também devem ser descartados, porque são acúmulos de energias negativas no organismo. Depois de um tempo, eles acabam vencendo aquela defesa natural da nossa mente e se materializam no corpo sob a forma de tumores.

O mesmo eu posso dizer em relação à beleza. Se você for muito negativa com relação à sua imagem física, vai submeter a própria aparência a mutilações. Em outras palavras, você vai ficar feia mesmo. Lembra que, numa edição passada, orientei você a incorporar “a bela” em sua vida? Pois então, chegou a hora de dar um basta a qualquer tipo de pensamento negativo. Afinal, é esse baixo-astral que estraga a harmonia natural do seu estilo. Sim, cada um tem um tipo genético, uma harmonia, uma beleza. A gente pode chamar isso de charme natural. Então, aí vai uma dica preciosa: respeite sua própria imagem cultivando pensamentos bons sobre si mesma. Você se surpreenderá.

Não tem jeito, pessoal: nosso corpo se transforma de acordo com as emoções. Você já notou como as pessoas apaixonadas ficam lindas, alegres e radiantes? Pois bem, isso acontece porque os apaixonados mantêm pensamentos saudáveis e elevados. E tudo isso se reflete no semblante. Bem, agora que ficou claro que você é a única responsável por seu destino e seus pensamentos, lhe pergunto: o que você vai fazer com eles? O que você fará com os pensamentos que atrapalham, que chamam você de feia? Considere, a partir de agora, que isso era apenas uma gravação, algo em que você acreditou e que, hoje, não faz mais sentido. Mais do que isso: olhe o calendário e comece uma vida nova – uma vida plena, cheia de realizações. Você pode!

Luiz Antônio Gasparetto



Um comentário:

  1. Tu é muito sábio e consegui fazer muitas mudanças lendo teus textos, que Deus te de muita saúde e continue iluminando vc.Qaundo a mim sempre vigiando-me..beijos

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails