segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Diga não ao drama! - Maria Silvia Orlovas

Quem gosta de ter problemas? Com certeza, a resposta para essa pergunta é um uníssono: ninguém. Porque de fato ninguém quer ter problemas, ou ter que enfrentar desafios, e cada um de nós tenta do seu jeito mudar as coisas; aliás, muita gente vem para vida espiritual tentando aliviar suas questões complicadas. Esse é o famoso caminho pela dor.

De fato, muitas vezes a dor ensina. Pessoalmente, não faço pregação em cima do sofrimento como caminho, mas tenho que concordar que as pessoas se transformam quando tomam consciência do seu poder diante das adversidades.

Na semana passada, aconteceu mais uma das coincidências interessantes no meu trabalho. Como sou terapeuta de Vidas Passadas e trabalho com a expansão da consciência, aprendo muito com as lições dos meus clientes e o tema da semana foi justamente fugir dos problemas.

Cada uma das pessoas que veio me procurar tinha enfrentado situações bem difíceis em vidas passadas e de alguma forma tinha fugido das questões.
Lucimara largou o marido e fugiu para viver com um outro homem, largando também a família e amigos. Rubens se afastou dos pais e irmãos porque se sentia incompreendido, acabou fazendo a vida longe e nunca mais visitou seus parentes, porém, fechado no sofrimento, não amadureceu suas questões emocionais e não refez sua vida afetiva. Jordana criada por um pai muito autoritário continuou sua vida presa num perfeccionismo que também a afastou das pessoas, pois ela se transformou numa pessoa extremamente exigente com o próximo.

Foram vários casos diferentes de pessoas que ficaram presas nos problemas, sem crescer, sem aprender com os desafios. Pois o caminho de cura de cada um de nós, por mais difíceis e complicados que possam parecer nossas questões é justamente enfrentar o problema de frente. Se você tem um casamento infeliz e quer se dar uma outra chance no amor, ok. Faça isso, abra-se, continue caminhando, mas finalize suas questões com honestidade e consciência. Não fuja, não minta para você mesmo, não traia seus ideais.

Se você tem uma família complicada, pais negativos, exigentes, ou um convívio sem muita compreensão ou amor, mude isso, não leve esse comportamento para frente. Você pode mudar, pode se tornar uma pessoa mais leve, mais amorosa e compreensiva. Não é porque você nasceu num ambiente complicado que precisa levar essa complicação como uma herança negativa para sempre. Você pode mudar.

Se você nasceu num lar humilde, sem oportunidades de educação e conseguiu vencer, parabéns! Tente enxergar que o universo pode trazer coisas diferentes dos limites mentais. Você pode fazer sua vida diferente, e enfrentar os desafios com amor e coragem nesta vida. Fechar-se no sofrimento, fugir do enfrentamento querendo o tempo todo tapar o sol com a peneira, tentando conciliar sem sofrer, não vai dar certo. Aliás, amigo, não tenha medo do sofrimento porque as coisas passam. Fugir dos problemas não funciona, mas dizer "não" ao drama é fundamental para conseguir pensar e agir com clareza.

Quando você diz "não" ao drama, não se deixando consumir pelas coisas ruins do dia-a-dia, com certeza, encontrará força e luz dentro de si mesmo para enfrentar qualquer desafio.

Maria Silvia Orlovas - morlovas@terra.com.br
http://mariasilviaporlovas.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails