quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Coisas ruins acontecem com pessoas boas... - Maria Silvia Orlovas

Há algum tempo penso em abordar esse assunto porque muita gente se sente vítima de alguma situação. Não se trata de um sentimento sem sentido, apenas ocasionado por uma mágoa, ou frustração apesar desses sentimentos também existirem, nestes casos as pessoas de fato estavam corretas em se sentirem mal. Essas pessoas procuraram a Terapia de Vidas Passadas para encontrar as causas em outras vidas, porque nessa existência não tinham registros de coisas ruins que justificassem sofrimentos tão grandes.

Elas queriam perdoar, seguir a vida, mas entendiam que precisavam compreender o porquê de situações tão negativas já que eram pessoas dignas, de boa índole.

Ana trouxe uma história familiar complicada. A vida inteira cuidou da irmã mais nova, vinda de uma família humilde ajudou pagar a faculdade, comprou roupas, enfim, fez de tudo pela irmã que quando se casou se afastou completamente e, inclusive, fez pouco caso dela. Ana se ressentiu demais com o comportamento cheio de ingratidão. Hoje, ela seguia sua vida, mas queria compreender as razões desse desrespeito e desamor.

A Sessão de Vidas Passadas mostrou uma história triste entre as duas, quando, em vidas passadas, Ana roubou o marido da irmã, que se sentiu completamente traída e sem rumo caindo na depressão. A vivência trouxe muitas explicações e até certo alívio para o sofrimento dela. Ao compreender que havia feito algo muito ruim, conseguiu se libertar da situação.

Ana, como todos nós, queria ser reconhecida pelo amor que ofereceu, queria ser amada e manter um bom relacionamento, mas o peso do karma ainda estava muito presente nesta relação. Ela não entendera que havia espiritualmente se comprometido em ajudar essa alma companheira a progredir, equilibrar-se, estudar e evoluir, pois quando desviamos alguém do caminho da luz, querendo apenas nosso bem-estar, assumimos o ônus de nossas escolhas. Claro que relacionamentos humanos são cheios de complicações, de encontros e desencontros, mas acho que vale sempre se abrir para tentar entender porque as coisas acontecem conosco.

Definitivamente, quando aprendemos sobre vidas passadas compreendemos que não existem vítimas. Pode ser até que não tenhamos nenhuma explicação plausível para alguns sofrimentos e descasos, falta de educação ou de respeito das pessoas que estão à nossa volta, mas, com certeza, existe um significado em passar por situações de dor.
Em algum momento de escuridão, com certeza semeamos esses maus ventos que hoje trazem tempestade. O importante, nem sempre, é saber exatamente o que fizemos, mas sim tentar não se fixar no mal que recebemos.

Por que acolher o sofrimento? Podemos olhar para as coisas ruins e aceitar que está sendo assim. Mas, ao mesmo tempo, precisamos encontrar impulso para caminhar. Ficar sofrendo, lamentando-se, não ajuda em nada. Existem situações que temos mesmo que passar.

Assim, amigo leitor, coragem! Foque sua mente e seu coração no bem, em coisas positivas, desenvolva sua inteligência emocional e não busque vingança ou retratação, pois, desse modo, você se aprisiona e prolonga o sofrimento.

Se você é do bem, abra-se para a vida e prossiga... porque, com certeza, passando a tempestade, outro momento se abrirá e coisas boas acontecerão. O ciclo se fecha e novas energias chegam a você. Coragem!

Maria Silvia Orlovas - morlovas@terra.com.br
http://mariasilviaporlovas.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails