segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Medo da Solidão - Sônia Carvalho

Quantas vezes nos sentimos incapazes de ir a frente?
O novo nos assusta?
Queremos sim por mudanças, mas como dar o primeiro passo se nos sentimos incapazes para tal?
Almejamos nos libertar dos fantasmas que nos atormentam, mas parece que as algemas são fortes demais.
Muitas vezes, até já sabemos o que precisa ser mudado, mas não sabemos como dar o primeiro passo.
Sonhamos com vôos mais altos, porém, nossas asas nos parecem fragéis demais.
E assim, continuamos presos ao sofrimento.
Quantos de nós já não teve a sensação do medo a paralisar os seus passos?
A fazer com que pensemos em desistir de caminhar?
Que venhamos a descrer do nosso amanhã?
Certamente, inúmeras vezes.

Porém, não podemos jamais permitir que o medo se instale por completo dentro de nós, porque ainda temos muito a realizar.
Se estamos nessa existência, se o Pai nos concedeu essa nova oportunidade, não foi em vão, Ele sabia que já possuíamos potencial para aqui estarmos.
Que poderíamos sim, enfrentar as provas que viessem.
Que em determinados momentos, nos sentiríamos assustados, mas que traríamos dentro de nós, a força necessária para vencermos as adversidades.

E que quando aliássemos essa força individual com a Força Divina, não mais temeríamos o caminho, por mais árduo que ele fosse.
Não estamos sozinhos e jamais estaremos.

Mas para que possamos sentir essa proteção divina, também se faz necessário que caminhemos, que façamos a nossa parte, que venhamos a enfrentar as dificuldades, sabendo que embora elas possam nos levar temporariamente ao chão, lá não será o nosso lugar eternamente.

Vamos acreditar que a cada manhã, podemos mudar, fazer algo diferente, se aproximar da luz, porque viemos da luz e é para lá que retornaremos.
Não importa o tempo que levar, mas comecemos agora, nesse instante, não esperemos para amanhã, no hoje já possuímos ferramentas suficientes para trilhar nossa jornada.

Sintamo-nos como filhos do Criador e como tal, valorizemos nossa existência, acreditemos em nosso potencial, usemos a luz que há em nosso íntimo.

Não tenhamos medo dessa luz, deixemos que ela brilhe, porque só assim, nosso Espírito irá evoluir, só assim, nos aproximamos do Pai, que nos aguarda desde sempre.

Não nós sintamos incapazes, mesmo quando nossos pés fraquejarem.
Mesmo quando não pudermos conter as lágrimas.
Mesmo quando o sol não aparecer.

Nesses momentos, despertemos a fé que pulsa em nossa alma, façamos com que ela se exteriorize e nos fortaleça pelos caminhos que tivermos que trilhar.

Abramos os olhos da alma e com eles, enxerguemos as caravanas de amigos espirituais que estão ao nosso lado, buscando nos amparar em todos os momentos.

Busquemos por novos horizontes.
Sem receios do novo, porque somos capazes de trilhá-lo.
Temos a coragem dentro de nós.
Tenhamos também, a perseverança.

Não temamos o amanhã, porque ele será o reflexo do que hoje estamos fazendo.
E se no hoje, o caminho trilhado não é do bem, não hesitemos em voltar e recomeçar.
Podemos sempre recomeçar!

Confiemos!
Primeiramente no Pai que sempre nos abençoa e confiemos também em nós, porque muito somos capazes de realizar.

A vida espera por nós!
Então, não tenhamos medo dela!

Pintemos os nossos dias com as cores da esperança.
Vamos trazer o amor para todos os segundos da nossa vida.
Vamos construir obras voltadas para o bem.
Porque assim, o bem irá nos envolver por onde passarmos.
Liguemo-nos com o Alto e seremos orientados.
Sintonizemos com nosso íntimo e encontraremos as forças para prosseguirmos.
Encaremos os desafios com determinação e veremos como podemos superá-los.

E mesmo que nesse instante, o que tanto almejamos não puder ser realizado, não abaixemos nossa cabeça desanimados, ao contrário, levantemos e erguidos, olhemos para o Alto, com a certeza que a Providência Divina sempre sabe o que faz e faz o melhor para cada um de nós.

Busquemos então, nos momentos de aparente derrota, continuarmos nosso percurso, para que o amadurecimento espiritual se aproxime e quem sabe no amanhã, venhamos a perceber que o novo caminho que trilharmos era o melhor ou venhamos a ter nova chance de realizar o sonho de outrora.

Tenhamos sempre a confiança conosco.
Porque confiantes, jamais ficaremos perdidos.
Voltemo-nos para a luz e ela aparecerá.

Acreditemos em nossa luz e ela brilhará.

Assim, nossos passos se tornarão firmes, novos horizontes surgirão e não mais, teremos insegurança para trilhá-los.
Não teremos mais medo da vida.
Porque saberemos que podemos seguir abraçados a ela.

E abençoados pelo Pai, estaremos sempre amparados.

E finalizando, lembro-me do discurso de Nelson Mandela em 1994, quando tornara-se presidente da África da Sul:

"O nosso medo mais profundo, não é de que sejamos inadequados.
O nosso medo mais profundo, é que sejamos poderosos demais. É a nossa luz, não a nossa escuridão o que mais nos assusta.
Nós nos perguntamos. "Quem sou eu para ser brilhante, alegre, cheio de talentos e fabuloso?"

Na verdade, quem é você para não o ser? Você é um filho de Deus. Fazer menos do que pode não serve o mundo. Não há nada de luminoso no fcto de se encolher para que outras pessoas se sintam tão inseguras com você.

Nascemos para manifestar a glória de Deus que está dentro de nós. Ela está não só em alguns de nós, está em todos nós. E à medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos permissão aos outros para fazerem o mesmo.

À medida que nos libertamos do nosso medo, a nossa presença automaticamente liberta outros".

Libertemo-nos.

E a luz irá iluminar o nosso caminho.
Livres e iluminados, seguiremos o nosso destino.
Também iluminando outros caminhos.
E vivendo intensamente.
Porque Vida é Deus.
O Pai que jamais nos abandona.
Abraçamos, então, a nossa vida!

E sigamos...

Sônia Carvalho
soniacarvalho0707@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails