quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O que fazer? - Sonia Carvalho

A cada dia sou chamado a seguir adiante e confesso que em muitas manhãs sinto-me desanimado.
São tantas as adversidades que muitas vezes falta-me forças. Muitos questionamentos surgem e não encontro respostas.
Quantos fatos chegam e, confuso, falta-me o discernimento para analisá-los.
Gestos alheios provocam revolta e tristeza em meu ser, fazendo com que eu perca o ânimo em perseverar na tarefa que sou chamado a cooperar.
Vejo entes queridos em árduas provas e não consigo segurar as lágrimas por nada poder fazer para aliviá-los do fardo.
E quando sou eu que me deparo com espinhos? Sinto-me desamparado...
São tantas as aflições que sinto-me perdido entre as sombras.
E soa a cada instante a pergunta: o que fazer? Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.

Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;
(2 Coríntios 4:8-9)

E eis que no meio da escuridão, uma Luz surge envolvendo-nos numa imensa paz e suave voz começa a pronunciar:

Meu filho, não posso impedir suas lágrimas de caírem, mas aprende com elas a importância da reflexão. Nenhuma dor lhe visita sem motivo. O que os seus olhos físicos enxergam como sofrimento, digo-lhe que em verdade representam oportunidades de renovação.
Analisa o caminho que está a trilhar. É realmente o caminho do bem?
Não sinta-se fraco, porque no seu íntimo existe imenso potencial, entretanto, adormecido.
Desperta sua fé!
Persevera mesmo diante do anúncio da mais terrível tempestade.
Aprende que ela passará! E quando passar, deixará um novo horizonte a ser desbravado.
Coragem! pode vencer os desafios do caminho.
Paciência! Sua transformação íntima é realizada gradativamente.
Séculos de ignorância espiritual não se perdem em instantes, mas faz de cada instante um novo passo para a regeneração de seu Espírito.

Meu filho, não se revolte com as dificuldades, adota a serenidade e terá mais chances de encontrar as respostas que tanto almeja.
Também não se declare um infeliz, Eu lhe dei a bênção da vida,aproveite-a!
Enriqueça sua bagagem dos valores espirituais e mais próximo de Mim estará.
Compreende que a cada queda surge uma nova chance de recomeçar.
E é justamente com essa finalidade que lhe criei, para que pudesse recomeçar sua jornada evolutiva, ainda tem muito a aprender.
Mas você pode!
Eu lhe dotei de inúmeros talentos, use-os!
E use-os sempre voltado para o bem, vença os vestígios de orgulho que ainda traz em seu íntimo e no lugar plante o amor.
Eu sei que é capaz de fazer isso!

Não importa os enganos que já cometeu, mas sim, que é um Espírito de luz, ou seja, não foi criado para ficar nas trevas.
É preciso compreender isso e seguir o caminho que continuo a lhe apontar.
Basta de melindres! Adote o Evangelho em seu coração, porque quando realmente fizer isso, não temerá mais as críticas alheias ou dissabores do caminho, seguirá firme a buscar pela sua perfeição moral.
Meu filho, não esquece da humildade, ciente de que ela não precisa ser proclamada, mas comprovada através de suas ações.
Diante das angústias acalma seu Espírito com a prece, sagrado alimento que irá nutrir seu íntimo de esperança.

Confia, meu filho!
Supera as teias do desespero que agitam o seu ser, implantando pensamentos conturbados e alimentando o pessimismo.
Não fica de braços cruzados, empenha-se no trabalho do bem e estará a construir pontes para que o auxílio espiritual chegue até você.
Não está desamparado como muitas vezes imagina, mas se faz necessário que abra o seu coração para sentir a proteção divina.
Eu estou ao seu lado! Sente-Me!
E confie, porque Comigo nada tem a temer.
Vamos, meu filho, o caminho é longo, mas Eu lhe guiarei.
Juntos, sempre estaremos.
Eu e você, Meu amado e eterno filho...

Sônia Carvalho
soniacarvalho0707@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails