terça-feira, 22 de maio de 2012

Palavras de Anjo... - Paulo Roberto Gaefke

Eu sei que tem dias que não temos sequer vontade de levantar da cama. Algumas vezes pelo prazer que o sono traz, ou da alegre companhia que você tem, e para quem não tem uma companhia ainda, o próprio travesseiro chama para ficar mais um pouco...
Mas, o dia vem com suas cobranças: temos que ir trabalhar, temos que estudar, temos tarefas para cumprir, e o dia parece pequeno diante de tantas tarefas...

Corre daqui, corre dali, problemas no meio do caminho, gente chata no meio das nossas tarefas, perguntas que irritam, superiores que parecem inferiores, e assim, o dia vai trazendo um estresse fora do normal...

Vamos acumulando estes problemas e por nada, do nada, acabamos descontando por vezes, nas pessoas que mais amamos, que nem merece o nosso mau humor.

Mas, fazer o que?
Não é por nossa vontade.
Nossa vontade é de viver em paz, sem brigas com só love, love, love... mas a doideira da vida traz conflitos.
Alma querida, arrume tempo para ser feliz!
Busque separar nesse tempo doido que é a sua vida, um tempo, ainda que pequeno para cuidar de você. Para dedicar-se ao que gosta.
Se você gosta de ler, aproveite as menores e maiores folgas e leia.
Se tem filhos, reserve um tempo para brincar com eles.
Se tem alguém que ama, reserve um tempo para namorar, amar, fazer amor... sem pressa.
Se o seu barato é a ajudar os outros, dedique meia hora da sua semana para uma visita filantrópica.
Comece a mudança...
Ande descalço pelo gramado de um jardim, ou areia da praia ou rio, pelo menos 1 vez por semana, isso descarrega a eletricidade estática do nosso corpo.
Abrace pessoas queridas. Visite um parente ou amigo distante, pelo menos 1 vez por mês.
Não estou pedindo nada de sobrenatural, apenas peço que você preste atenção a sua vida. O tempo passa e não adianta vir depois cobrar os santos, os anjos ou mesmo o Pai Eterno pelo que não realizou.

Se eu puder, deixar uma última palavra, gostaria que você se lembrasse que cada atitude sua é como uma semente plantada e que você é livre para plantar o que quiser. Você pode receber 10 cartões de crédito este mês, pode quebrar os 10, ou ligar e cancelar 9 deles, mas se decidir usar todos eles, já sabe que vai ter consequências horríveis dentro de pouco tempo.
Aliás, essa é a grande justiça do Pai. Ele nos dá liberdade para plantarmos o que quisermos, mas a colheita é sua, é intransferível.
Por isso, se aceita o meu humilde conselho: plante amor, distribua alegria, espalhe boas novas. Fuja de rodinhas de intrigas e fofocas. Não fale mal de ninguém, nem comente a vida dos outros. Cuide da sua que já está de bom tamanho.
AH! e se apesar de tudo, você estiver em enrascadas, sentir-se só e fraco, o Pai que tudo vê, espera apenas a sua humildade para dobrar os joelhos em oração e pedir a sua mão. O Pai não abandona ninguém.
Seja feliz.
Muita paz,
Seu anjo

Paulo Roberto Gaefke



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails