quarta-feira, 9 de maio de 2012

Será que o outro está a fim de você? - Rosana Braga

Convenhamos: demonstrar sentimentos não é uma das tarefas mais fáceis do mundo! Por menos tímido ou por mais expressivo e desenvolto que alguém seja, na hora em que o coração bate mais forte na presença de uma determinada pessoa, toda a espontaneidade e toda a capacidade de expor claramente o que se passa dentro de si costumam cair por terra! Imagine, então, como essa situação fica ainda mais complicada para os tímidos!

Porém, o fato é que, tanto os mais extrovertidos quanto os mais recatados, mais cedo ou mais tarde, todos precisarão se expressar de modo coerente com seus desejos, até para que o outro, o alvo de toda a sua atenção, fique sabendo de suas intenções.

Cada um tem uma maneira toda singular de demonstrar paixão, amor e todos os sentimentos bons que chegam quando a vida nos presenteia com um encontro pra lá de especial. Há quem escreva poemas, quem mande flores, quem ofereça bombons, quem cuide com carinho, quem seduza com o olhar, quem jogue indiretas, quem fale mais, quem fale menos... mas, o objetivo de conquistar alguém é - ou deveria ser - sempre uma experiência inesquecível.

E este é apenas um dos lados desta história: o de quem precisa demonstrar que está interessado em alguém. O outro lado, porém, também não é nada fácil, especialmente, nos casos em que as demonstrações são excessivamente tímidas. E eis que surge a dúvida: como saber se o outro está mesmo a fim de você?

Confesso que sempre achei mais fácil descrever os comportamentos de alguém que não está a fim. Afinal, quem não quer, simplesmente não faz por onde, arruma desculpas, insiste em dar mancadas e termina deixando o outro numa frustração tão grande que ele só não vai "se tocar" se estiver vivenciando aqueles momentos "masoquistas", empenhado em se impingir sofrimento indefinidamente.

Mas quando a tarefa é confirmar interesse, reconhecer o amor mesmo no silêncio ou na distância, sentir-se minimamente amparado para dar o próximo passo na corda-bamba que liga um coração ao outro, daí os sinais podem ser muito, muito mais sutis. E isso nos remete a grandes chances de cometer enganos, fazer julgamentos equivocados e tirar conclusões precipitadas. E, assim, desistir de uma história antes mesmo dela começar...

Bem, se você está em dúvida sobre o que o outro realmente sente por você; se parece que ele quer, mas, por alguma lacuna na demonstração ou motivo que você desconheça, esteja difícil avaliar o que realmente está rolando entre vocês, então, penso que você tem duas opções!

A primeira é o óbvio ululante nem sempre fácil: pergunte! Isso mesmo! Diga que adoraria saber mais sobre o que essa pessoa sente por você, que isso faria com que você se sentisse ainda mais feliz perto dela e por aí vai. Use seu charme, aquele pedaço apaixonante que todo mundo tem quando quer.

A segunda opção é esperar mais um pouco e observar atentamente. Use seu coração, sua intuição, seu poder de análise e siga esses sinais:

1. O que o outro fala e como fala com você?
2. Com que constância a procura, liga para você, manda e-mail ou torpedo?
3. Costuma fazer perguntas sobre sua vida, seu dia, seus gostos e preferências?
4. Em geral, lembra-se do que você já contou? Ou seja, demonstra que você é importante para ele?
5. Quanto está empenhado em agradá-la e, quando não consegue ou a decepciona, procura se explicar ou até se desculpar, se for o caso?

Enfim, imagine como se fosse um detetive cuja missão é revelar o coração desta pessoa e descobrir se você está dentro dele, fazendo-o bater mais forte.

Por fim, mais do que angústia, insegurança ou tristeza, aproveite essa dúvida e esse tempo de conquista para aprimorar suas qualidades, entrar em contato com o que existe de melhor dentro de você, descobrir talentos para o amor e para as relações que talvez você nunca tenha se dado conta de que possui. Faça o amor valer a pena muito antes dele se confirmar.

Assim, quando ele chegar, seja com esta pessoa ou com outra, você terá experimentado sensações inéditas e imperdíveis, e estará muito mais segura de quem você é e do quanto merece tudo de bom!

Rosana Braga
http://www.rosanabraga.com.br/
Reconhecida como uma das maiores especialistas em relacionamentos interpessoais do país, pesquisadora da área há mais de 10 anos, Rosana Braga é conferencista, escritora, jornalista e consultora em relacionamentos. Autora de 5 livros e DVDs de Treinamento, tais como ‘O Poder da Gentileza’, ‘Faça o Amor Valer a Pena’, 'Inteligência Afetiva – 2 volumes', entre outros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails