sexta-feira, 31 de maio de 2013

Por que sempre adio as coisas? - Maria Isabel Carapinha

Ah! Não consigo dar conta de tudo, sinto-me sobrecarregada, e no meio de tudo isso, onde estou eu?

Viver postergando as coisas faz com que você perca a sua espontaneidade, ou seja, você deixa de ser você mesma, pois vive sempre conectada em um momento que não existe. Sua mente a cobra, a cada segundo, e você trava assim uma guerra mental buscando milhões e milhões de desculpas para deixar o que tem para fazer para depois.
O nosso papel é envolver-nos com a vida, participar, aproveitar e nos divertir.

Temos uma fonte interior que nos provém de tudo isso, mas ela precisa ser ouvida, e uma mente lotada de ruídos, ou seja, de coisas para fazer que não permitem que esta conexão aconteça e, desta forma, você deixa de desfrutar do melhor que a vida pode lhe proporcionar. A esta fonte inesgotável que existe dentro de nós, podemos dar o nome de intuição, basta solicitar e ela nos dá respostas imediatas e repletas de sabedoria.

A intuição está diretamente ligada ao silêncio e paz interior e isto somente se conquista quando não adiamos as coisas. Isto se chama viver no momento presente.

A intuição lhe oferece muitos benefícios, dentre eles:
- Você vai aprender a acalmar sua mente, a estar no momento presente;
- Vai eliminar o negativo de sua vida, pois a confiança é reestabelecida;
- Vai prestar mais atenção aos sinais que a vida lhe dá;
- Vai sentir o que é ter sincronicidade;

Sua vida exterior pode ser o reflexo de suas ordens interiores, para tanto, basta acionar o seu poder pessoal e ter claramente esquematizado o que deseja para sua vida.

Nos momentos que não decidimos e escolhemos o que é melhor para nossa vida, permitimos que os outros nos escolham e aí a infelicidade e insatisfação se instalam.

Faça uma lista de tudo que vem adiando em sua vida e estabeleça prioridades. Sua lista pode conter tarefas diárias ou até mesmo planos futuros, mas o passo inicial de resolver uma coisa por dia fará com que você se torne a cada dia mais presente, principalmente em sua vida. Você passará a ser você mesmo em cada situação e as frustrações irão sendo exterminadas uma a uma e as cobranças sejam pessoais ou dos outros serão, então, eliminadas. Somente assim, haverá um progresso pessoal e você perceberá que não mais estará no controle de tudo. Estará, sim, aberto e pronto a receber o que de melhor a vida tem para lhe oferecer.

A Radiestesia através da Mesa Radiônica permite identificar os bloqueios energéticos que fazem com que você repita situações como a que nos referenciamos de adiar as coisas e perder a espontaneidade.

Em um de meus atendimentos recentes, atendi uma moça que vive com este enorme fantasma em sua cabeça, adiava tudo e se sentia cobrada pela vida e pelas pessoas, sentia que não havia até aquele momento conquistado nada, por mais que houvesse incentivos familiares e apoio de amigos ela nunca tomava a iniciativa de começar e terminar algo em sua vida, sua tristeza e frustração pessoal eram enorme, mas não sabia mais o que fazer para se desvencilhar de tal situação.

Ela me relatou tudo que estava deixando de realizar em sua vida e percebi em todas as cenas um ponto em comum, o adiar constante. Disse-lhe que havia um bloqueio original energético que a fazia tomar a mesma atitude em diversos momentos de sua vida e iríamos, após realizar todo o equilíbrio de suas frequências, eliminar tal bloqueio.

Na identificação do bloqueio, a data identificada foi o momento de seu nascimento. Eu lhe disse que havia algum fato marcante que ocorrera no momento do seu nascimento. Ela de pronto confirmou que seu parto foi muito complicado, pois o cordão umbilical estava enrolado em seu pescoço e demorou muito mais tempo para nascer do que o previsto. Então, comentei que o bloqueio inicial estava identificado, iríamos através da Mesa Radiônica eliminá-lo e transmiti-lhe a certeza de que, a partir daquele momento, ela teria imensa vontade de ir realizando tudo que se encontra pendente em sua vida. Ela me olhou um pouco incrédula, até que eu disse a velha frase: o tempo é o senhor da razão, quero vê-la em 21 dias com as novidades.

Passado o tempo combinado, ela voltou ao meu consultório e parecia de fato outra pessoa, começou a me contar as conquistas que já tivera e os planos de A até F que estavam em sua mente, com tempo demarcado para serem concluídos nos próximos três meses.

E assim a vida caminha para todos nós... o passo inicial seu neste momento é buscar ajuda para eliminar o bloqueio que lhe faz repetir situações.

Maria Isabel Carapinha
isabelc@uol.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails