quarta-feira, 21 de agosto de 2013

É MUITO BOM SABER QUE... - (Ivanildo Falcão da Gama)

Que se pode contar com um verdadeiro amigo, para todas as horas.

Que a hora mais escura da noite é aquela que precede o amanhecer!

Que aqui estamos neste mundo apenas de passagem, que no eterno “am passam” de nosso devir e vir a ser somos viajantes siderais do infinito convidados por Deus para esse estágio na Terra onde tudo é velozmente passageiro e que daqui levaremos os frutos de nossa colheita terrena para ofertar a Deus!

E que, portanto, não devemos nos apegar demasiadamente a nada material, posto que tudo é de Deus, vem de Deus, retorna para Deus e que assim, como Filhos de Deus, tudo é nosso e nada é de nossa propriedade exclusiva, final.

Que somos todos capazes de concretizar nossas mais louváveis e sinceras aspirações, desde que com força e fé trabalhemos para tal.

Que cada um de nós é um ser único, original, detentor de vários talentos ocultos ou não e que podemos desenvolver as nossas habilidades através da constância do treinamento e que em assim sendo, não nos devemos comparar com ninguém.

É muito bom saber que, ao derraparmos em nossos relacionamentos, sempre podemos e devemos perdoar, dar um tempo, esquecer toda e qualquer ofensa; reaver as nossas amizades antigas e estar abertos para conquistar novas jóias de relacionamentos, regando-as com carinho e valorizando o aprendizado sempre contido nos acontecimentos, nos preparando para novas fases mais maduras em nossas ações no mundo.

Que podemos repensar nossos conceitos, aprender indefinidamente com todos e com a natureza, olhar autocriticamente para pífios preconceitos, eliminando-os de nossa mente; rever nossos pensamentos, direções e ações pré-planejadas em função de metas e meios ainda melhores; jamais albergar pensamentos autolimitativos, considerar como aprendizado as nossas falhas, mas autoestimularmo-nos para o crescimento de nossa autoestima produtiva, positiva e criativa, sabendo que podemos nos superar e que temos todas as condições de vencer, realizar, fazer sempre e cada vez mais nosso melhor, sem contudo enaltecer nosso pequenino “ego”;

Que podemos sempre reforçar a nossa persistência em algo bom.

Que podemos presentear o outro com a nossa luz, nosso amor e nossa presença, recebendo também a dádiva da presença de todas as pessoas e em especial as que de nós dependem ou esperam algo, ofertando a elas ainda mais que suas expectativas.

Que apesar de todas as injustiças e desigualdades, de toda a exclusão ou maldade que ainda permeia no mundo, posso abster-me dessa visão enlutada na dor da ignorância e cuidar de ser e viver cada vez melhor no meu amor feito virtudes e serviços altruístas prestados, trabalhando-me diariamente para o autoconhecimento e lapidação de minha Alma.

Que podemos assim nos doar totalmente ao Serviço do Bem respeitando e amando nosso próximo, que é sempre o mais próximo, como nos exorta o amado Mestre Jesus.

Que podemos aprender e reaprender a gostar, apreciar e cultivar coisas diferentes do nosso cotidiano costumeiro, iniciando, refazendo, recriando e provocando inusitados e saudáveis hábitos dos quais deveremos ser desses os senhores e não escravos;

Que cada novo dia é uma nova aventura para todos os peregrinos viventes nas expedições e jornadas da Terra e da Vida e que convém ponderar que: ‘Se vives na feliz ventura do servir, serves à Grande Aventura do Viver’.

Que não podemos prescindir de nada nem de ninguém, pois jamais saberemos quando iremos necessitar de um apoio ou uma força, mas, principalmente, por sabermos que a fraternidade de nossa parte para com todos nos coloca ainda mais em evidência aos olhos de Deus, pois somos todos irmãos, independente de riqueza ou pobreza, raça, cor, parentesco, nacionalidade, grau cultural, religião, filosofia, partidos, ideologias, pensamentos, direcionamentos.

É muito bom sabermos que podemos por vezes nos revoltar, nos chatear ou até mesmo ficar com raiva, porém saber que somos nós os timoneiros de nosso destino e que jamais devemos fazer de um desapontamento, desamor ou decepção, atos cruéis de rancor ou retaliação para com ninguém.

É muito bom saber que podemos sempre sorver o mel do Amor da Inesgotável Fonte e espalhar a essência do nosso amor seja em nossa família, seja na sociedade ou por todos aqueles que cruzam o caminho do nosso

dia-a-dia abençoado, desenvolvendo maior compreensão, paciência, tolerância e solidariedade.

É muito bom saber que podemos sempre aumentar nosso conhecimento e discernimento para a ajuda, nossa inteligência e criatividade para o crescimento pessoal, o bem da vida e a glória de nossa Alma.

É muito bom saber que o Amor a todos nos une eternamente.

É muito bom poder sentir o perfume de uma flor, ter a felicidade de acompanhar o vôo de um pássaro, ou apreciar um vaga-lume na noite.

É muito bom saber que todos os nossos sofrimentos e erros nos conduzem invariavelmente para novas alegrias e acertos maiores;

É muito bom saber que podemos plantar uma árvore, uma planta ou várias, cuidando sempre dela com carinho em respeito à vida e à natureza, cultivando igualmente em nossa alma um canteiro de flores virtuosas e belas!

É muito bom saber que podemos ser compassivos conosco mesmos, nos auto perdoar e seguir sempre em frente com esperança, novas forças e alegrias renovadas, ofertando o nosso melhor sorriso, irradiando para todo o círculo de nossos relacionamentos diários e remeter para aqueles que estão distantes, nosso amoroso voto de harmonia, paz, felicidade, sucesso, e muitas, muitas felicidades mesmo!

É muito bom saber que, se somos o problema para nossa casa planetária e o aquecimento global, somos igualmente a solução, desde que cada um, que cada grupo ou nação, unidos, possa fazer a sua parte para a reversão do caos climático na terra. E é bom saber que cada um de nós, diariamente, pode economizar nossos recursos naturais, tal como a água e a energia, fazendo de nosso lar um laboratório de aprendizado e respeito para com nosso meio-ambiente, a começar da gente!

É muito bom saber que podemos proteger, sorrir, amparar, brincar e alegrar as crianças, tendo toda a consideração com aqueles mais experientes ofertando-lhes amor através de compreensivos olhos atentos ao aprendizado do fluxo incessante da vida, valorizando e assistindo sempre os mais velhos, sendo gratos às nossas raízes, aos nossos antepassados.

É muito bom saber que temos um livre-arbítrio presenteado por dádiva de Deus e que o podemos utilizar para construir ou reconstruir nossos destinos em harmonia com o que a Vida nos traz.

É muito bom saber que a vida continua. E que o portal transdimensional da morte apenas nos faz ultrapassar esse mundo para a continuação de nossa vida fora da matéria e que jamais, jamais nos separaremos definitivamente daqueles que nos são caros e que amamos como a nós mesmos.

É muito bom saber que tudo o que pensamos, sentimos ou fazemos se refletirá no todo planetário atravessando séculos e séculos e que, portanto, somos responsáveis por nossas ações, porquanto, pela Lei da Retribuição, do Progresso e da Compensação teremos tudo o que necessitarmos para continuar evoluindo neste ou em outras Moradas da casa de nosso Pai-Mãe Celestial.

É muito bom saber que sempre podemos doar alguma coisa de nós mesmos.

É muito bom saber que DEUS, nosso Criador, está em todo o Universo, em cada folhinha de grama, em cada olhar que nos fita, na nossa inspiração e expiração, na sístole e diástole de nosso coração, em todas as Dimensões, mas bem perto de nós; que mora em nosso Eu Crístico Imortal, que nunca nos desampara e que somos - por termos sido criados à Sua Imagem e semelhança - eternos, infinitos, poderosos, e misericordiosos, todo-amorosos e co-criadores da realidade e da Vida para a Glória infinita na vitória final do Amor.

É bom saber que posso aconselhar e interferir, mesmo no recôndito mais sagrado do meu lar e coração, para a Paz mundial, para a justiça social, para minorar o sofrimento de meu irmão enviando-lhes carinhosos pensamentos e vibrações de Amor e Luz.

É tão bom saber que ninguém é de ninguém, mas que, por encantado paradoxo, tenho você, sua amizade.

E que temos sempre alguém em especial que muito amamos e que muito nos ama.

É muito bom saber que sempre encontraremos a pessoa certa, no momento oportuno. Que nada está ao sabor dos acontecimentos ou ao acaso, mas que tudo obedece a Leis Superiores vindo de Deus pelo Seus sagrados desígnios.

E que assim, por esse genuíno amor perto de mim, posso amar toda a humanidade longe de mim.

É tão bom saber que tudo passa, mas que só o verdadeiro amor e nossas virtudes adquiridas na vida permanecem.

Que a vida assim escoa bem rápido, mas que a Existência infinitamente continua.

Que a cada novo dia, mil dádivas recebemos.

E que posso ser grato a Você, Senhor, e a tudo porque vivo!

E que posso, sem alarde e sem interesse outro, vivenciar, sentir e do fundo de minha Alma dizer ou clamar: - Eu te amo! Conte comigo!

(Ivanildo Falcão da Gama)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails