sexta-feira, 6 de setembro de 2013

PERDOAR É NECESSÁRIO! - Antônio Caldas

Perdoar é necessário quando existe mágoa em seu coração. Toda mágoa pesa no caminho de sua vida, lhe prende, não lhe deixa voar. É como uma pedra que você carrega em suas costas, um peso que você leva, que mina a sua energia. Um nó cego na alma e que bloqueia o seu viver. O pior é quando você esconde a mágoa dentro do seu coração, como a sujeira que se joga para debaixo do tapete.

Veja! A sujeira que se joga para debaixo do tapete não deixou de existir, a mágoa ainda está aí. Às vezes, por alguma razão, não é possível dizer, botar para fora tudo que você queria falar. A mágoa fica lhe corroendo, e se torna uma vingança oculta contra a pessoa que lhe magoou. E quanto mais ela fica dentro de você, tanto mais ela vai crescendo, tanto maior o poder da mágoa em seu coração, tanto maior poder você dá a ela de influenciar negativamente a sua vida. Olha! Toda mágoa termina se transformando em raiva. E não é possível ter saúde, ser saudável, amar, ser feliz, construir uma vida, recomeçar, com esse sentimento dentro de você.

Perdoar, antes de tudo, é bom para você. É simples, mas não é fácil! Isto porque o perdão não acontece da boca para fora. Quando você se sentiu magoada, ofendida, enganada, injustiçada, tudo isto aconteceu em seu coração. Logo, é em seu coração que o perdão também deve acontecer, no âmago de sua alma. O perdão é uma alquimia interior que acontece, um salto quântico, um movimento na energia da sua alma para cima, que lhe liberta, que eleva a sua alma. Você evolui com o perdão! Os mestres dizem:

- O perdão é a evolução da alma na velocidade da luz.

Para perdoar só é necessário a si mesmo. É necessário ir fundo, em si mesmo. Encontrar um caminho que lhe leve à raiz do problema, à dor que gerou o seu sofrimento e que você guarda, que você esconde por alguma razão. Quando conseguir alcançar o âmago da questão, neste espaço, os guias lhe ajudam, a existência lhe conduz, você é apenas instrumento. A sua consciência se expande, mudanças acontecem em seu interior, a sua consciência se restabelece.

Para saber se você perdoou, quando lembrar, quando encontrar a pessoa, se a lembrança ou a situação não mais lhe incomodar, não mais lhe trouxer algum ressentimento, o perdão aconteceu. Depois que você perdoa, você não é forçada a tratar bem. É suficiente apenas ser natural e se proteger se for necessário. Na verdade, depois que você perdoa, não é preciso nem mesmo que a outra pessoa saiba, você não precisa nem contar a ela. É possível perdoar até mesmo a alguém que já não está mais perto de você.

Quando você aprende a perdoar situações profundas que aconteceram em sua vida, perdoar as pequenas coisas do dia a dia torna-se mais fácil. Isto traz qualidade em seu viver. O perdão lhe deixa leve, lhe torna livre, vivo, faz a vida fluir, lhe eleva, eleva a alma! Certo tipo de sabedoria se ajunta ao seu ser. Você tem mais tempo para viver a vida e não lutar contra a vida.

Aos poucos, você vai tirando a vida de letra, você vai aprendendo a lidar com o vazio, com a ausência de amor que existe no próximo, no mundo. Você aprende a se proteger, sem agredir. Você vai sentindo de verdade que o maior benefício do perdão não é para quem foi perdoado, mas para quem perdoou. E, se o seu coração já estiver tomado pelo amor maior, ainda será capaz de agradecer, pois, perceberá que por meio da experiência do perdão a sua alma evoluiu, a sua evolução espiritual aconteceu, você se aproximou ainda mais da sua luz interior, experimentou Deus no seu coração, esta oportunidade.

Paz e Luz

Antônio Caldas - contato@antoniocaldas.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails