segunda-feira, 23 de setembro de 2013

PRECEITOS - Thich Nhat Nanh

1. Não idolatre ou se prenda a nenhuma doutrina, teoria ou ideologia. Os sistemas de pensamento são meios de orientação. Eles não são a verdade absoluta.

2. Não pense que o conhecimento que você possui no presente é a verdade absoluta e imutável. Evite a intolerância e o apego às opiniões atuais. Aprenda e ponha em prática o desapego às opiniões para estar aberto aos pontos de vista dos outros. É na vivência que se encontra a verdade no mero conhecimento conceitual. Esteja disposto a aprender durante a vida inteira e a observar sempre a realidade em si mesmo e no mundo.

3. Não force ninguém, nem as crianças, por meio algum, a adotar seus pontos de vista, quer pela autoridade, por ameaças, dinheiro, propaganda política sequer pela educação. No entanto, por meio do diálogo compassivo, ajude os outros a abandonar o fanatismo e a intolerância.

4. Não evite o contato com o sofrimento nem feche os olhos diante dele. Não ignore a existência do sofrimento na vida do mundo. Descubra meios de estar com os que sofrem, de alguma forma, seja por contato pessoal e visitas, seja por imagens e pela voz. Com isso, desperte sua consciência e a dos outros para a realidade do sofrimento no mundo.

5. Não acumule fortuna enquanto milhões passam fome. Não adote como projeto de vida a fama, o lucro, a riqueza ou o prazer sensual. Viva com simplicidade e partilhe o seu tempo, energia e recursos materiais com os necessitados.

6. Não guarde ódio ou rancor. Aprenda a penetrar neles e a transformá-los enquanto eles ainda forem sementes em sua consciência. Assim que a raiva ou o ódio surgirem, volte sua atenção para a respiração a fim de ver e compreender a natureza desses sentimentos e a natureza das pessoas que os provocaram.

7. Não se perca em alienações e no ambiente que o cerca. Pratique a respiração consciente para retornar ao que está acontecendo no momento presente. Entre em contato com o que é maravilhoso, revigorante e curativo, tanto no seu íntimo quanto ao seu redor. Plante em si mesmo as sementes da alegria, da paz e da compreensão para facilitar a transformação nas profundezas da sua consciência.

8. Não pronuncie palavras que provoquem a discórdia e causem desentendimentos na comunidade. Empregue todos os esforços no sentido de reconciliar e resolver quaisquer conflitos, por insignificantes que sejam.

9. Não diga mentiras para favorecer interesses pessoais ou para impressionar os outros. Não diga nada que provoque o ódio e a ruptura. Não espalhe notícias das quais não tenha certeza. Não critique ou condene aquilo que não sabe ao certo. Fale sempre a verdade com intenção construtiva. Tenha a coragem de denunciar situações de injustiça, mesmo que essa atitude ponha em risco sua própria segurança.

10. Não utilize a comunidade religiosa para vantagens ou lucros pessoais, nem transforme sua comunidade num partido político. Uma comunidade religiosa deveria, entretanto, tomar uma posição clara contra a opressão e a injustiça, esforçando-se para mudar a situação sem se engajar em conflitos partidários.

11. Não conviva com uma vocação que seja prejudicial à humanidade e à natureza. Não invista em companhias que privem outras pessoas da oportunidade de viver. Escolha uma vocação que ajude a concretizar seu ideal de compaixão.

12. Não mate. Não permita que os outros matem. Descubra os meios possíveis para proteger a vida e impedir a guerra.

13. Não possua nada que devesse pertencer a outra pessoa. Respeite a propriedade dos outros; mas impeça que os outros enriqueçam com o sofrimento humano ou de outros seres vivos.

14. Não maltrate seu corpo. Aprenda a tratá-lo com respeito. Não considere seu corpo apenas um instrumento. Preserve sua energia vital para a realização do caminho. A expressão sexual não deveria ocorrer sem amor e compromisso. Nos relacionamentos sexuais, esteja consciente do sofrimento futuro que pode deles decorrer. Para preservar a felicidade dos outros, respeite seus direitos e compromissos. Tenha plena consciência da responsabilidade de trazer novas vidas ao mundo. Medite no mundo para o qual está trazendo esses novos seres.

Thich Nhat Nanh



Um comentário:

  1. De uns meses pra ca' estou libertando-me de preceitos,sinto que estou mais leve aceito a vida e as pessoas como ela sao.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails